2 de nov de 2013

Esfarrapada desculpa...

Vá!! Coloque aquela sua saia florida... Aquela que tem alguns pássaros voando sobre as flores... Sim! Aquela mesmo. Retire-a do armário e vá ver o sol... Ela combina com aquela regata branca e a sandália nude. Não tem?? Sem problema! Poderá ser aquela colorida... “Peraí!!!” Põe também o seu sorriso de outubro e leve o amor no coração, se estiver difícil leve-o no bolso mesmo, poderá precisar dele... Prontinho!! 
Agora, vá pela rua... Sinta o vento batendo no seu rosto; abrace o sol desta manhã; cumprimente aquela velha árvore que pinta o tapete por onde passa... Jogue um beijo pro seu bicho... Sinta o coração batendo pertinho... Escute seu coração! 
Veja longe... bem longe!! Percebe?? Mais um dia nasce... “Veja” ele!! Sinta Deus... Perfeito!! Sinta o cheiro, o sabor, a cor e a música... Percebe o que aconteceu?? Você encontrou a felicidade. Siiim!!!  Ela  escondia-se nos detalhes... Está nos olhos de quem percebe a importância dos sentidos espalhados pelos segundos da vida... Agora não resta-me nada mais a não ser desejar, não um dia mas, uma vida inteira de detalhes que nos façam acreditar que: Desenterrar aquela nossa saia florida, aquela que tem alguns pássaros voando sobre as flores... Sim, aquela mesmo, era apenas uma esfarrapada desculpa pra sermos felizes pela vida... 
Bora lá!!! FELIZ!!!