26 de fev de 2012

Não queimei sutiã em praça pública

Sempre fui organizada e disciplinada até que, de um ano para cá, não tenho me encontrado nas bagunças atuais... Para começar possuía duas agendas, uma pessoal e outra profissional,  Na agenda pessoal, escrevia dez metas para o novo ano e  no último dia de cada mês da agenda profissional, fazia um  balancete. Tudo muito bem organizado...
Este ano, ganhei mais agendas do que nunca (acho que para testar-me rsrsrs...). Repassei quase todas, para amigos... Sobrou-me uma a qual misturei, do meio do mês de fevereiro para cá, as duas funções, pessoal e profissional. Desorganização total!!!
Alessandra acorda!!! Ainda há tempo.
Pensei que hoje, fosse o grande dia...
Enchi-me de ânimo, e um segundo depois... Desanimei.
O que está acontecendo comigo??? Quero-me de volta!!! Cadê eu???!!!
Pensei na minha avó... Mulher de fibra.  Acordava cedo, colocava o café com bolinho de chuva a mesa, e já pensava em qual galinha iria matar para o almoço. Cuidava do meu avô, do meu pai e dos meus tios e ainda bordava toalhas lindas(tenho uma, até hoje). O tarefa de Dona de Casa não é, até hoje, para qualquer uma... 
Pensei nas mulheres atuais... O problema é que, depois que algumas mulheres queimaram  sutiã em praça pública duplicamos, o melhor, triplicamos nossa rotina. Acordo as 06h30min, tomo café de rainha, desta refeição não abro mão, daí direto pro trabalho... Quando tenho tempo, almoço. Trabalho de novo e a tardinha agenda da empresa... À noite aulas e assim, segue a vida, de segunda a sexta-feira... Aos sábados, quando não tenho agenda profissional, faço um carinho na casa (ninguém organiza como a gente)...e monto as aulas da próxima semana...  Se sobra tempo, afinal ninguém é de ferro, chamo a manicure. Domingo, dia de  supermercado...  Almoço e  louça... Affe!!!  Lá se foi a unha... 
Pronto!!! Já sei por onde começar...
Duas novas agendas: Uma para Alê, e outra profissional (que poderá ser aquela que iniciou bagunçada)  
Agora  ficam duas  perguntas... Ahhh fica!!!
Primeira: Será que aquelas mulheres que queimaram  sutiãs em praças públicas, sabiam que seríamos fiscalizadas por nós mesmas??? (Corpão em forma e sem estrias, depilação em dia, cheirosas sempre, unhas pintadas e arrumadas, cabelos escovados e hidratados, currículos impecáveis, filhos perfeitos,  tantos e tantos outros "Ns" a mais...). Penso que, sendo nós donas dos nossos narizes, saímos perdendo e muito... Meninas, os homens deixaram de abrir a porta do carro, de puxar a cadeira para nos sentarmos, deixaram de mandarem flores, cartões, poesias e serenata então? Eu nem me lembro mais...
Segunda: Valeu queimar os sutiãs???

25 de fev de 2012

Recebi e não guardarei... Verdade??? A mais pura.

Professores do Brasil!!!
A realidade de hoje ! 
Porto Alegre (RS), 16 de julho de 2011
Caro Juremir (CORREIO DO POVO/POA/RS)
Meu nome é Maurício Girardi. Sou Físico. Pela manhã sou vice-diretor no Colégio Estadual Piratini, em Porto Alegre , onde à noite leciono a disciplina de Física para os três anos do Ensino Médio. Pois bem, olha só o que me aconteceu: estou eu dando aula para uma turma de segundo ano. Era 21/06/11 e, talvez, “pela entrada do inverno”, resolveu também ir á aula uma daquelas “alunas-turista” que aparecem vez por outra para “fazer uma social”. Para rever os conhecidos. Por três vezes tive que pedir licença para a mocinha para poder explicar o conteúdo que abordávamos. 
Parece que estão fazendo um favor em nos permitir um espaço de fala. Eis que após insistentes pedidos, estando eu no meio de uma explicação que necessitava de bastante atenção de todos, toca o celular da aluna, interrompendo todo um processo de desenvolvimento de uma idéia e prejudicando o andamento da aula. Mudei o tom do pedido e aconselhei aquela menina que, se objetivo dela não era o de estudar, então que procurasse outro local, que fizesse um curso à distância ou coisa do gênero, pois ali naquela sala estavam pessoas que queriam aprender' e que o Colégio é um local aonde se vai para estudar. Então, a “estudante” quis argumentar, quando falei que não discutiria mais com ela. 
Neste momento tocou o sinal e fui para a troca de turma. A menina resolveu ir embora e desceu as escadas chorando por ter sido repreendida na frente de colegas. De casa, sua mãe ligou para a Escola e falou com o vice-diretor da noite, relatando que tinha conhecidos influentes em Porto Alegre e que aquilo não iria ficar assim. Em nenhum momento procurou escutar a minha versão nem mesmo para dizer, se fosse o caso, que minha postura teria sido errada. Tampouco procurou a diretoria da Escola. 
Qual passo dado pela mãe? Polícia Civil!... Isso mesmo!... tive que comparecer no dia 13/07/11, na 8.ª (oitava Delegacia de Polícia de Porto Alegre) para prestar esclarecimentos por ter constrangido (“?”) uma adolescente (17 anos), que muito pouco frequenta as aulas e quando o faz é para importunar, atrapalhar seus colegas e professores'. A que ponto que chegamos? Isso é um desabafo!... Tenho 39 anos e resolvi ser professor porque sempre gostei de ensinar, de ver alguém se apropriar do conhecimento e crescer. Mas te confesso, está cada vez mais difícil. 
Sinceramente, acho que é mais um professor que o Estado perde. Tenho outras opções no mercado. Em situações como essa, enxergamos a nossa fragilidade frente ao sistema. Como leitor da tua coluna, e sabendo que abordas com frequência temas relacionados à educação, ''te peço, encarecidamente, que dediques umas linhas a respeito da violência que é perpetrada contra os professores neste país''.
Fica cristalina a visão de que, neste país:
Ø NÃO PRECISAMOS DE PROFESSORES Ø NÃO PRECISAMOS DE EDUCAÇÃO
Ø AFINAL, PARA QUE SER UM PAÍS DE 1° MUNDO SE ESTÁ BOM ASSIM
Alguns exemplos atuais:
· Ronaldinho Gaúcho: R$ 1.400.000,00 por mês. Homenageado pela “Academia Brasileira de Letras"... 
· Tiririca: R$ 36.000,00 por mês. Membro da “Comissão de Educação e Cultura do Congresso"...
TRADUZINDO: SÓ O SALÁRIO DO PALHAÇO, PAGA 30 PROFESSORES. PARA AQUELES QUE ACHAM QUE EDUCAÇÃO NÃO É IMPORTANTE: CONTRATE O TIRIRICA PARA DAR AULAS PARA SEU FILHO.
Um funcionário da empresa Sadia (nada contra) ganha hoje o mesmo salário de um “ACT” ou um professor iniciante, levando em consideração que, para trabalhar na empresa você precisa ter só o fundamental, ou seja, de que adianta estudar, fazer pós e mestrado? Piso Nacional dos professores: R$ 1.187,00… Moral da história: Os professores ganham pouco, porque “só servem para nos ensinar coisas inúteis” como: ler, escrever, pensar,formar cidadãos produtivos, etc., etc., etc....
SUGESTÃO: Mudar a grade curricular das escolas, que passariam a ter as seguintes matérias:
Ø Educação Física: Futebol;
Ø Música: Sertaneja, Pagode, Axé;funk
Ø História: Grandes Personagens da Corrupção Brasileira; Biografia dos Heróis do Big Brother; Evolução do Pensamento 
das "Celebridades"
Ø História da Arte: De Carla Perez a Faustão;
Ø Matemática: Multiplicação fraudulenta do dinheiro de campanha;
Ø Cálculo: Percentual de Comissões e Propinas;
Ø Português e Literatura: ?... Para quê ?...
Ø Biologia, Física e Química: Excluídas por excesso de complexidade.
Está bom assim? ... eu quero mais!... 
ESSE É O NOSSO BRASIL ...
Vejam o absurdo dos salários no Rio de Janeiro (o que não é diferente do resto do Brasil)
Ø BOPE - R$ 2.260,00....................... para ........ Arriscar a vida;
Ø Bombeiro - R$ 960,00.....................para ........ Salvar vidas;
Ø Professor - R$ 728,00.....................para ........ Preparar para a vida;
Ø Médico - R$ 1.260,00......................para ........ Manter a vida;
E o Deputado Federal?.....R$ 26.700,00 (fora as mordomias, gratificações, viagens internacionais, etc., etc., etc., para FERRAR com a vida de todo mundo, encher o bolso de dinheiro e ainda gratificar os seus “bajuladores” apaniguados naquela manobrinha conhecida do “por fora vazenildo”!).
IMPORTANTE:
Faça parte dessa “corrente patriótica” um instrumento de conscientização e de sensibilização dos nossos representantes eleitos para as Câmaras Municipais, Assembleias Estaduais e Congresso Nacional e, principalmente, para despertar desse “sono egoísta” as autoridades que governam este nosso maravilhoso país, pois eles estão inertes, confortavelmente sentados em suas “fofas” poltronas, de seus luxuosos gabinetes climatizados, nem aí para esse povo brasileiro. Acorda Brasília, acorda Brasil !...

P.S.: Divulgue logo esta carta para todos os seus contatos. Infelizmente é o mínimo que, no momento, podemos fazer, mas já é o bastante para o Brasil conhecer essa "pouca vergonha". As próximas eleições estão chegando!

12 de fev de 2012

Em prol da Casa de Caridade JK

Os cantores Sete Lagoanos George Machado(Iris de Seda), Glaucia Coutinho(Ex backing vocal Eduardo Costa), Luciano Azeredo (Grupo Cangalha), ano passado se reuniram na homenagem ao artista plástico e músico Max Gemperlé e desse encontro, surgiu a idéia de realizarem um show beneficente ao Hospital Casa de Caridade JK  para ajudar na reforma da mesma.
O repertório é nada mais nada menos que do Rei Roberto Carlos, e para abrilhantar a noite, músicos maravilhosos, tais como  André Campagnani (Bateria), Zander Coutinho (violão), Lucas Coutinho (Violão), Claudisson de Souza(teclado), Waldir Cunha (Baixo),   e participação especial do Coral Vozes Irmã Matilde, do artista Chico da Viola e Ailton de Castro.
Vale a pena Conferir!!!
Dia 12/02 domingo, as 19:30 no Auditório DR. MARCELO VIANNA UNIFEMM
Ingressos: R$10,00 meia entrada
Informações: 31-8323-1666 (Glaucia)

4 de fev de 2012

Memórias de uma Joaninha...

Era uma vez uma Joaninha...
Ela nasceu em um quintal alegre e colorido, cheio de dálias, rosas e margaridas...  Era um jardim claro e bucólico...  Daqueles caipira mesmo!
Joaninha era muito feliz naquele espaço cheio de amigos e o melhor, protegido!!!
“Mas um dia, Joaninha em um de seus vôos mais longos, conheceu o Sr."Joanão"e resolveu desde aquele momento , que um dia se mudaria para um quintal maior...
Passaram 6 longos invernos até que Joaninha chegasse ao seu novo quintal...  Até esta cena, pouca coisa mudou, continuou a levar uma vidinha simples e limitada até que, percebeu  os outros “Joanões” ... Eles não cuidavam dos seus quintais e nem se preocupavam em ensinar  aos seus filhotes como deveriam utilizar dos recursos  naturais sem degradar a natureza ...  Joaninha resolveu sair da sua zona de conforto e foi em busca de novos amigos que compartilhavam das mesmas idéias ...  Eram poucos amigos, para tantas medidas que precisavam ser tomadas...
Do galho mais alto do seu novo quintal, Joaninha não tinha uma visão panorâmica da situação, e sem entender como conseguira , acabou pousando em um dos galhos, da mais alta árvore da região... Lá sim, teve noção real, dos  problemas que enfrentaria...  Muitos , muitos mesmo, põe muitos nisto! Mas não desanimou...  Neste novo galho, quase um anexo do seu quintal devido ao tempo que passava por lá, fez muitos outros amigos, que também queriam realizar, mas por  estarem desacreditados e /ou desanimados, ninguém se importava  mais com o que faziam ou deixavam de fazer... O pior, nem eles mesmos!
Até que um dia,  um "Joano" , resolveu montar um blog e um face para este galho da grande árvore... Desde então, todas as ações que eram realizadas,   eram divulgadas... Eram muitos desafios, muitos projetos , muitos anseios e pouco apoio...  Mas o sonho e a ação estavam lá... 

...Hoje mesmo, me encontrei com a Joaninha... Acreditem se quiser , ela ainda acredita, que o grande quintal será exemplo para a grande "Rua", porque olhando nos seus olhos, o brilho, o sonho e a vontade de realizar ainda permanecem lá.