28 de jan de 2011

Quem não tem praça, caça com a praça dos outros.


Foto:  Alê

Foto: Alê
Foto: Alê   -  Orquestra na Praça

Foto: Alê

Foto: Alê - Orquídeas que não faltam...e raridade,
                                                                                   convivem bem com o homem solto.

Foto: Alê
Lavras/MG/Brasil

Paisagismo para mim é "PAZ" com Deus e "ISMOS" que enterro todos os dias.
Alessandra Casarim

6 comentários:

ENIO EDUARDO disse...

Alessandra, lindas praças que você fotografou.

Você pecebe como falta praças em Sete Lagoas?

Falta espaço de convivência social em nossa cidade. Falta um olhar sensível para nossa Urbi.

Forte abraço, Enio.

Alessandra Casarim disse...

Com certeza Enio...
Mas vai chegar o dia, que esta história vai mudar...Tenho Fé!
Abraços,
Alessandra

Anônimo disse...

Ola Alessandra,

muito bonitas e uteis as suas paginas, que eu ja' tinha visitado antes. Se voce me permite, gostaria de te fazer duas perguntas e uma sugestao.

Em que cidade esta' a praça que voce fotografou?
Qual o nome da arvore (5ª de cima para baixo)?

Gostaria de fazer uma sugestao: como sei que voce e o Ramon adoram (e entendem) a natureza, acho que voces iam gostar de um livro do John Steinbeck. Nao sei como traduziram ai no Brasil mas seria algo assim com "A um deus desconhecido". Pra' te falar a verdade, nunca um livro me emocionou tanto ao tratar o binomio natureza-homem. Eu o tenho em formato ebook. Se voce quiser (e D. Ramon tambem, claro) posso te enviar por e-mail.

Deculpe-me tomar seu tempo.

Um abraço,

A. Claret

Alessandra Casarim disse...

Claret,
Que bom te ver por aqui. Seja sempre bem vindo!
A cidade é Lavras, sul de Minas Gerais.
Lavras é conhecida como "Terra dos Ipês e das Escolas", mas não é o ipê a árvore símbolo da cidade e sim, a tipuana (árvore da foto). A mais conhecida delas é a da praça Augusto Silva, que já passou dos cem anos e até ganhou muletas para ajudar amparar seus galhos frondosos.
A tipuana é uma árvore de sombra, tem uma floração discreta, mas que não deixa de chamar a atenção pela beleza das flores amarelas. A tipuana é uma árvore grande, pode atingir até 15 metros de altura e uma copa com um raio de até 20 metros. Seu tronco e galhos são recobertos por uma casca grossa e rugosa, o que a torna hospedeira de plantas de várias espécies.
Espero ter ajudado...
Quanto o ebook, claro que quero e tenho certeza que Ramon também.
Meu email alecasarim@hotmail.com
Abraços,
Alessandra Casarim

Ramon Lamar disse...

Lindas imagens, lindas ideias.
Nossa tipuana mais famosa é a da praça Alexandre Lanza (que tem gente que confunde e acha que é um pau-brasil).
Abração!

Anônimo disse...

Adorei...convivem bem com o homem solto.
É que eles foram educados!!!
Abraços,
Fernandez