23 de jul de 2011

PAI

Cheiro de poeira
Fruto do mato
Calejado pelas montanhas de Minas
Resistência de um menino 
Filme tantas vezes recontado
Música de Nelson Gonçalves com letra da própria vida

Frango caipira 
Broa queimada
Noite de lua cheia
Amigos da terra
Cabelos de Nero
Pão? Com tudo
Doce? Misturado com outro
Dançarino
Seresteiro
Acorda para ouvir o canto dos passarinhos
Anda todos os dias de bicicleta
Torna toda viagem mais longa para viver a natureza
Desenha casinha com montanha, sol e pássaros
Entende a linguagem dos animais
 Dos carros
Toma banho de cachoeira como ninguém
Empina pipa
Constrói carrinho de rolimã
Carrocinha de carneiro
Faz trave, é goleiro, atacante
Mima netos
Pai
Você é a história que eu quero ser
Te Amo!


7 comentários:

Mônica Castanheira disse...

Bem se vê a quem puxou.
Algumas pessoas passam pela vida vivendo seus detalhes, você é assim.
Agradeço por me fazer enxergar neste mundo sem tempo e prazeres como a vida pode ser bela.
Beijo, Mônica

Alê Casarim disse...

Amiga,

A vida é bela!!! rsrsrrs...

Bjo de montão... Saudade guria.

Anônimo disse...

Parabéns ao Hugo, pelas filhas que tem.

Roberto

Anônimo disse...

Uma das declarações mais profundas que já li.
Parabéns Alessandra

Roberto

Anônimo disse...

Linda declaração prima.

Dani

Chaves disse...

7.2 não é pra qualquer um
Parabéns Cazzarin

Francisco Chaves

Celle disse...

Alê, nada é mais importante do que a familia, curta bem os seus!
Celle