16 de set de 2011

Normas Ambientais ou Mercado??? Para a grande maioria: Mercado.

A par da legislação, há um conjunto de normas e procedimentos industriais e comerciais, que progressivamente pressionam para um maior respeito ao meio ambiente e aos recursos naturais. Muitas destas normas são voluntárias, isto é, a empresa não precisa aderir a elas, mas se não o faz, perde mercado, porque as certificações advindas da obediência a estas normas (como a ISO 14000) permitem a participação num crescente mercado internacional, coisa impossível sem a devida obediência.  
O novo paradigma, será portanto crescimento econômico em harmonia com a natureza, o que freqüentemente é dito como crescimento sustentável.
Não há outra saída! Se não forem pontuados hoje, os possíveis/atuais riscos que já se tem notícia, num futuro muito próximo, o homem estará lutando por um punhado de água e um pouco de alimento para saciar sua sede e fome.
O que poderia mudar este paradigma? Novas tecnologias, nova consciência ambiental e legislação atuante.

''A Humanidade tem condições de promover um desenvolvimento sustentável que satisfaça as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazer suas próprias necessidades.'' Excerto de ''Nosso Futuro Comum'' - Brundtland Report, 1987, p.24 - Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento  da       ONU.

Nenhum comentário: