6 de mar de 2011

A CHUVA e o TEMPO

Ah!!!.....que chuva BOA!
....
Quando pequena lááááá.......em Ubá a chuva, fazia parte da nossa borbulhante criatividade infantil.
Para nós da Rua Manuel Casal, era a  hora do banho dos anjos, São José fazendo faxina ou ainda, porque Deus estava zangado e por isto colocado todas as crianças de castigo.
Pode?
Mas nada disso impedia nossa brincadeira, diante deste  maravilhoso presente. A chuva!
Corríamos, ficávamos como dizia meu avô "pulcini bagnato"".
Nos tornamos adultos.... É... O tempo passa!!!
 Por que neste momento vemos  a chuva como estorvo?
Chegar molhado?
Pura displicência.
 Filhos molhados então, nem pensar! ... Podem gripar.
 "Tadinhas" das crianças de hoje...
Neste momento, a chuva não tem mais o seu romance, apenas atrapalha a vida de todos.
E a vida???...
Continua passando.
Hoje novamente...
Ela, a CHUVA é bem vinda!
Hora de dormir então,...é gostoso dormir ao som da chuva...
 é  reflexão, é calma, é prazer.
Ainda...
É energia boa!
Aquela que tranquiliza e nos alimenta para o dia de sol.
Ah! A chuva...
Por que será que ela mudou tanto?
Reformulando....
Ah! Por que será  que  eu mudei tanto? ...

7 comentários:

Anônimo disse...

Alessandra,

Viajamos nas suas histórias.
Obrigada,

Manu

Alessandra Casarim disse...

Não tem de quê Manu.
Na verdade, peguei um gancho no blog do Flávio que, escreveu sobre a chuva e me fez relembrar velhas histórias.

Seja sempre bem vinda!

Alê

Anônimo disse...

Cara,vc está deveras inspirada ultimamente!...
Bjão!...Polly

ENIO EDUARDO disse...

A relva úmida.
Chuva a despontar.

Inebriado em pensamentos matutinos.
Comecei a observar.

A névoa sobre o Rio,
Caudalosas águas escuras,
Presságios do que virá.

Coração a embalar.
Olhos a lacrimejar.

Às margens do Velho Chico,
A Chuva é dádiva, é vida,
Vida que este Rio perpetuará.

Alessandra Casarim disse...

ôôhhhh POlly!

Estou aqui sem fazer nada...sabe como é...
Mas o convite "tá de pé", viu?
Se furar, o divã vai funcionar...rsrsrsrs...

Ps: Afinal, também mereço ir para bem prá lá de Bagdá.

Alessandra Casarim disse...

Êita!

Qui bunitu sô!
Um glamu de puesia.
Brigadim Ênin.

Ai por suas bandas tamem tá choven...sô?

ENIO EDUARDO disse...

Alessandra, chove muito aqui também. Queria ir hoje para Sete, mas a chuva tem me convidado para ficar debaixo das cobertas assistindo um bom filme. Mas amanhã, estarei em Sete Lagoas com certeza.

Gosto muito dos seus posts, eles revelam como você vê a vida. E esta revelação é cheia de cores.

O colorido da vida é uma conquista.

Abraço Forte.