10 de jun de 2011

Setelagoanos poderão ganhar presente do SAAE...

Alguém consegue explicar porque o SAAE quer um reajuste de 19,76% ?
Qual é a justificativa do aumento??? Apenas 6% do nosso esgoto é tratado, a nossa água é péssima e a resistência de nossos chuveiros têm que ser trocados mensalmente...Quem nos pagará por isto?
Pode ser um equívoco...Mais correto seria, 19,76% de desconto nas tarifas de água, não acham?


Veredito agendado para o dia 14/06 às 15 horas. Mobilize pessoal!!!

19 comentários:

Anônimo disse...

Bem feito para os sete lagoanos.
Aplaudiram o saae e ganham em troca presente de grego.

E agora Rodrigo do PV vai continuar defendendo o Saae?

Que venha a Copasa!
Somente com ela deixaremos de comprar água mineral para sobre viver.
Venha logo!

Anônimo disse...

Quero ver quem vai estar lá defendendo esta autarquia ou seria monarquia?

Anônimo disse...

Quero ver os vereadores que vão defender este absurdo.
Os valores inverteram?
Em vez de cobrar melhor água vamos ter que pagar pelo ruim serviço fornecido. O pobre que paga o pato.

o Indignado

bruna r. disse...

Já pagamos muito caro pela água que consumimos, não só financeiramente!

Acho que a discussão SAAE x COPASA, só desvia a atenção do que realmente interessa. Exigir uma empresa ou outra não adianta. Precisamos exigir QUALIDADE, de qualquer um dos lados.

Obs: Alessandra vou roubar seu post, ok! Abraços.

Rodrigo Viana Leal disse...

Caro anônimo,

Parece-me que você não entendeu muito bem o que eu disse durante a audiência!
Para mim, a Copasa não é nenhuma Brastemp como é vendido por muitos. Não passa de uma Prosdócimo assim como o próprio Saae, conforme dados de um Diagnóstico da Bacia do Rio das Velhas que fiz referencia e publicado por um orgão também estadual como a Copasa.

De toda forma, obrigado por lembrar dá minha posição, reafirmo que continua a mesma, mesmo com este 'presente de grego' colocado.


Abraço

Alê Casarim disse...

Bruna, minha aluna guerreira... os posts são seus...
Rodrigo, quanta honra em recebê-lo, seja sempre bem vindo! Aliás, vocês nunca mais voltaram para um café...
Abraços, Alê

Alê Casarim disse...

Pessoal,
Não permitirei mensagens agressivas...Desistam!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
pequenos espaços, GRANDES PROJETOS disse...

Ninguém merece a SAAE, quando morei em 7 Lagoas passava muita raiva com essa água.O povo de 7 Lagoas, não deveriam pagar por essa água ruim, que nem se pode beber...

Celle disse...

Belo post que chama o setelagoano a razão. Nós somos lerdos demais, aceitamos tudo...
Celle

ENIO EDUARDO disse...

Alessandra desculpe-me pela discordância, mas veja bem, a tarifa de água em Sete Lagoas não tem reajuste desde 2007.

A qualidade dos serviços do SAAE deixam a desejar. Porém, há um gargalo no Sistema, a falta crônica de recursos para investimentos na melhoria dos serviços.

Se o SAAE explicar muito bem explicadinho qual o seu plano estratégico para a melhoria dos serviços e prestar contas de como o aumento dos recursos irão contribuir com esta estratégica, acho plausível reajustar a tarifa.

Veja bem, mas tem que haver motivos administrativos, com seus respectivos demonstrativos que justifiquem o percentual solicitado pela Autarquia.

De todo modo, algum reajuste na tarifa haverá, afinal não há Sistema de Saneamento que resista sem capacidade de investimentos.

Se o operador do Sistema fosse a COPASA, vocês acreditam que as tarifas ficariam 4 anos sem reajustes? Com certeza o aumento seria anual. É assim que uma Empresa como a Copasa, consegue manter algum nível de investimento.

Se não houver transparência sobre a questão do Saneamento em Sete Lagoas, não passaremos de uma discussão estéril sobre quem deveria operacionalizar o Sistema.

Mas comungo a idéia de reivindicarmos melhores serviços e principalmente, democratizar as informações e os mecanismos de participação na questão do Sabeamento Ambiental.

Forte Abraço,

Enio.

Alê Casarim disse...

Ênio,
Concordo em parte com você...
Quanto a 4 anos sem reajuste, estou em dúvida sobre este tempo...a bem pouco tempo, tivemos um aumento pelo tratamento de esgoto (sem tê-lo). Quanto a aumento sem precisar comprar 2 galões de água semanal a R$6,50 cada, totalizando além da tarifa de água mais R$52 mês, mais gastos com nefrologista, consertos de máquina de lavar, chuveiros, encanamento etc. e o principal sem poluir o Jequitibá e o Velhas...penso que já pagamos por isto...Falta planejamento, projetos e metas, concorda?
Meu amigo, vamos combinar, Brasileiro é bonzinho paga sem reclamar, mas pagar por serviço mal prestado...é abuso.
Outro ponto, concordo com você não será a Copasa a solução, a solução é cobrar pelo que é pago seja ela qual for a empresa.

Anônimo disse...

Alê,

Então não és brasileira?
KKKKK

Alê Casarim disse...

Brasileira, com muito orgulho!
Meu sangue é um mexidão... Tem de tudo... rsrsrs...

Alê Casarim disse...

Você faz parte desta colcha... sempre aberta aos amigos... Abraços, Alê

ENIO EDUARDO disse...

Sem retoques ao seu comentário Alessandra. Isto tudo mostra a urgência da elaboração de um Plano Municipal de Saneamento Ambiental, que seja verdadeiramente participativo. Assim poderemos debater os rumos que queremos para nossa cidade nesta área.

Alessandra sou profundo defensor de criarmos em Sete Lagoas um Sistema de Saneamento Ambiental, dentro do que preconiza a Lei Federal 11.444/07.
Essa lei federal do Sanwamento vem propicies ente negligenciada em Sete Lagoas. Sabes porque? Porque ela tem em seu conteúdo o processo de radicalização democrática que o setor necessita.

Abraço e obrigado por este seu espaço interessante de discussão sobre as questões ambientais.

Enio

bruna r. disse...

Alessandra,

Haverá audiência ou algo parecido?

Alê Casarim disse...

Terça-feira na Câmara.

Alê Casarim disse...

Foi retirada da pauta...